Puxe uma cadeira, pegue um café e viaje com a gente!
 

Duas vinícolas perto de Gramado que vão te surpreender

Vinícolas perto de Gramado para visitar e se encantar: Ravanello e Jolimont

Será que existem vinícolas perto de Gramado e Canela para visitar? Sim, e você vai se surpreender. Não precisa dirigir até Bento Gonçalves para viver uma experiência de enoturismo na serra gaúcha. Principalmente, se o seu tempo for curto. Estive recentemente em duas vinícolas em Gramado e Canela, a poucos km do centro. Ambas com paisagens encantadoras. 

vinícolas perto de Gramado

área rural de Canela onde está situada a vinícola Jolimont

É fato: a grande produção de vinhos da serra gaúcha se concentra na região de Bento Gonçalves, Flores da Cunha, Garibaldi e Farroupilha. No entanto, para quem não quer alugar um carro e dirigir em torno de 150 a 200 km (ou não tem tempo a perder), a Região das Hortênsias também surpreende com boas opções de vinícolas perto de Gramado e Canela. Inclusive, com pacote de Vindima no verão. Vai por mim.

A seguir, conheça duas vinícolas perto de Gramado e Canela para visitar e brindar. A Jolimont em Canela é mais turística e oferece visita com degustação e até transporte. Já a Ravanello, é uma vinícola boutique, mas também oferece degustação e tour guiado para conhecer o processo de seus vinhos finos.

Quer alugar um carro e dirigir até a Região da Uva e do Vinho?
Então cote aqui melhores tarifas para alugar seu veículo nas melhores locadoras da serra gaúcha

vinícolas perto de Gramado

1. Vinícola Jolimont em Canela

A vitivinícola Jolimont está situada em uma linda área rural em Canela. Só o visual da estrada até lá já vale o passeio. A saber: é a mesma estrada onde está situado o Alpen Park e o Alambique Flor do Valle. A vinícola foi idealizada por um francês que se estabeleceu na região de Gramado e Canela em 1948. Logo, é uma das vinícolas pioneiras na produção de vinhos no Rio Grande do Sul. A visita é paga (R$ 40 em 2020)e inclui tour virtual, taça de vidro personalizada de presente e degustação de 8 rótulos. Vale a pena. Não deixe de provar o espumante Brut rosé (Pinot Noir) e o moscatel. 

Nem só de vinho vive a Jolimont. Pasmem, a vinícola também produz cerveja que leva espumante. Curioso, não é ? A grande dica do Café Viagem é que entre janeiro e março, essa linda vinícola perto de Gramado e Canela tem programação especial de Vindima para visitantes (época da colheita da uva).

Visitei a Jolimont em dezembro e a paisagem estava de cinema. Uma dica, a vinícola oferece transporte. Para mais informações e consultas de horários entre em contato com (54) 99951.8498.

Jolimont

2. Ravanello, a primeira vinicola boutique de Gramado

A Ravanello é a primeira vinicola boutique de Gramado. Vinícola familiar e jovem que iniciou a vinificação em 2010. Além dos vinhedos nas encostas de Gramado, seus vinhos tem uvas provenientes da Região dos Campos de Cima da Serra (Vacaria, RS – 1000 metros de altitude), Campanha Oriental (Itaqui, RS) e Serra do Sudoeste (Encruzilhada do Sul, RS). O visitantes pode apenas visitar o varejo ou agendar uma visita guiada com degustação que também inclui tábua de queijos. 

Está situada em frente ao Parque Snowland na RS-235 (estrada que liga Gramado a Nova Petrópolis, em torno de 7 km do centro de Gramado. Se o dia estiver bonito, não deixe de brindar no belo jardim de barricas

vinícolas perto de Gramado

Jardim das barricas na vinícola Ravanello em Gramado

Vinhos Ravanello

Inicialmente, degustei o branco Chardonnay, uva do terroir de Gramado. Bem aromático, com final amadeirado. Logo a seguir, provei o vinho ícone da Ravanello, o Dionisio. Mas uma curiosidade: o Dionisio não é elaborado todos os anos e nem com o mesmo corte. É vinificado apenas em safras exemplares e com o melhor do melhor. O rótulo que provei é de 2014, corte de Teroldego e Tannat com bom potencial de guarda. Excelente para acompanhar pratos de carne. 

Levei para casa o Pinoit Noir com uvas de Encruzilhada do Sul. Muito suave, estrutura levíssima. Aromas de intensidade baixa.

Você pode comprar o vinho no varejo e degustar na vinícola . Mas se quiser uma  experiência mais completa, vai precisar agendar previamente seu tour e degustação com 2 horas de duração que inclui espumante, 4 vinhos, água e tábua de queijos. O valor é R$ 125 por pessoa (em outubro de 2020) . 

A vinícola ficou fechada para visitas durante a pandemia até meados de setembro. Por enquanto, as degustações funcionam somente com agendamento, máximo de 12 pessoas e mínimo de 2 pessoas.  

+ Post índice Gramado e Canela – post índice com todas as dicas

+ Hotéis e Pousadas na serra gaúcha para namorar

+ 10 hotéis mais românticos de Gramado 

SAIBA MAIS


Vinícola Jolimont
Morro Calçado, Canela RS Brasil
(na mesma estrada do Alpen Park)
Site: www.vinhosjolimont.com.br
Visita com degustação paga 

 

Ravanello
Rod. RS-235 Km 28 S/N

Gramado RS Brasil
(em frente ao parque Snowland)
Site: www.vinicolaravanello.com.br
Visita com degustação paga e precisa ser agendada

 

Veja mais dicas de enoturismo na Serra Gaúcha no Café Viagem

Roteiro Caminhos de Pedra 

Roteiro completo de Pinto Bandeira – terroir do espumante

10 vinícolas que você precisa conhecer na serra gaúcha

10 atrações imperdíveis da Vindima de Bento Gonçalves

 

Organize aqui a sua Viagem para Serra Gaúcha

—– RESERVE O SEU HOTEL

Pesquise aqui  o seu hotel no Booking com cancelamento gratuito pague em até 12x sem juros e sem IOF

—– ALUGUE SEU CARRO

Compare valores em 100 locadoras e alugue um carro na Serra Gaúcha na RentCars sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um desconto de 5% no boleto bancário

—– PASSAGENS AÉREAS PROMO

Encontre aqui o seu voo para Rio Grande do Sul em promoção

—– ALUGUEL DE TEMPORADA

GANHE até 179 REAIS de desconto na sua primeira reserva usando nosso link do AIRBNB

—– E MAIS:

Contrate um Seguro Viagem e vá tranquilo

+ Acompanhe o @amoserragaucha –  nosso perfil no Instagram só com dicas da serra gaúcha

 

Vinícolas com hospedagem no Rio Grande do Sul

A saber: para quem procura vinícolas com hospedagem no Rio Grande do Sul, indico a Don Giovanni em Pinto Bandeira, a  Casa Valduga no Vale dos Vinhedos e a Peculiare, também no Vale dos Vinhedos

Compartilhar este Post
Escrito por

Muito prazer, sou Alexandra Aranovich, autora do Café Viagem - blog para quem acorda sonhando com a próxima viagem. Sou publicitária e sommelier pela ABS-RS. Acima de tudo, turista apaixonada por café da manhã, vinhos e experiências gastronômicas. Moro em Porto Alegre, mas vivo com o coração no mundo.

Últimos Comentários

DEIXE SEU COMENTÁRIO